Foto: Chico Bezerra/PJG

1ª Feira de Oportunidades para MEI tem início em Jaboatão Centro

Teve início, nesta segunda-feira (26), a 1ª Feira de Oportunidades do Jaboatão, organizada pela Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes e pelo  Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), com o objetivo de formalizar empreendedores do município como Microempresários Individuais (MEI). Até o próximo sábado (1º), no estande montado na Praça Nossa Senhora do Rosário, em Jaboatão Centro, deverão ser realizados mais de dois mil atendimentos. Até a sexta-feira (30), a feira funcionará das 9h às 21h, e, no sábado, das 8h ao meio-dia. A meta é que todos saiam com o CNPJ já aprovado, bastando, para isso, apresentar RG, CPF e comprovante de residência.

Além da formalização, técnicos da prefeitura e do Sebrae dão orientações sobre como gerir o negócio e oferecer um serviço de boa qualidade ao cliente. Vale salientar que para se enquadrar ao MEI é preciso ter um faturamento anual de até R$ 81 mil. E, por mês, é preciso pagar uma taxa de R$ 53,70.

Entre as interessadas em se formalizar está Rosa Lopes, que saiu do emprego recentemente e agora quer se dedicar exclusivamente ao negócio que vinha mantendo em paralelo. “Faço entrega de produtos e é nisso que quero investir. É muito importante estar formalizada, porque, nos dias de hoje, não podemos parar no tempo. Temos que nos atualizar sempre para atender bem aos clientes”, disse a comerciante.

Estar formalizado garante outros benefícios, como ter o direito de ser assegurado pelo INSS, fazer empréstimo bancário e ganhar a cidadania empresarial. Coordenador da Feira de Oportunidades, Borges Orzil ressalta que Jaboatão tem hoje 23.372 MEIs, “e os atendimentos já realizados neste primeiro dia demonstram o interesse de quem está na informalidade de ficar regularizado”. “Jaboatão tem uma pujança muito grande de microempresários e isso se reflete no trabalho na Sala do Empreendedor, que temos nas sete regionais da cidade. Nesta semana, estamos realizando a Feira de Oportunidades para incentivar ainda mais os comerciantes”, ressalta.

O analista de Atendimento do Sebrae, Luiz Nogueira, é um dos responsáveis pelas palestras e seminários oferecidos na feira. Durante as apresentações, ele dá orientações e presta todos os esclarecimentos. “Muitas pessoas ficam reticentes em se formalizar e nós procuramos mostrar todas as vantagens. Os benefícios são maiores que as obrigações, pois o comerciante trabalha com mais tranquilidade e coloca o foco no que é essencial: o cliente”, afirma Nogueira. Os comerciantes também podem obter mais informações por meio do telefone 0800 570 800.

Veja também

1ª Mostra Cultural do Jaboatão chega ao fim nesta sexta-feira (30)

O Cineteatro Samuel Campelo, em Jaboatão Centro, recebe, na noite desta sexta-feira (30), o encerramento …