Foto: Matheus Britto

Estudantes da rede municipal expõem série fotográfica sobre a Mata Atlântica

Alunos do 4º e 5º Ano do Ensino Fundamental da Escola Municipal Josefa Batista da Silva, localizada na comunidade de Cova da Onça, no Lote 26, bairro do Curado 3, expuseram, nesta sexta-feira (9), no Centro Cultural Miguel Arraes de Alencar, em Prazeres, uma série de fotografias registradas em área de Mata Atlântica, atividade realizada em alusão às comemorações da Semana do Meio Ambiente. Ao longo do passeio, os estudantes puderam aprender, in loco, a importância da preservação da fauna e da flora e do papel que as árvores desempenham no controle climático.

Aluna do 5º Ano, Rayanne Tamires, de 10 anos de idade, lembrou que as aulas extraclasse auxiliam no aprendizado e ajudam a dinamizar o processo de absorção de informações. “Gosto bastante sempre que os professores fazem excursões e levam a gente para outros lugares aprender coisas novas. Tivemos uma aula sobre preservação da natureza dentro da Mata Atlântica. Aprendemos a cuidar das árvores e dos animais. Foi muito bom!”, afirmou a estudante.

Desde a última segunda-feira (5), são realizadas no Centro Cultural Miguel Arraes uma série de exposições e atividades culturais com foco na educação ambiental. De acordo com representantes da Secretaria Executiva de Meio Ambiente e Gestão Urbana da Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes, estima-se que cerca de 2.500 pessoas tenham participado das atividades da Semana do Meio Ambiente, que, este ano, foi marcada pelo lançamento do programa Bem Estar Animal, que, por meio de um consultório móvel veterinário, vai levar para donos de animais de baixa renda, serviços como consulta, exames, vacinação e castração de cães e gatos.

Veja também

Jaboatão promove mutirão de ações integradas em alusão aos 11 anos da Lei Maria da Penha

Desde 2006, quando foi implementada, a Lei Maria da Penha já foi a razão para …

Deixe uma resposta