Foto: Chico Bezerra/PJG

Grande procissão encerra 361ª Festa da Pitomba

Demonstrações de fé e esperança marcaram o último dia da 361ª Festa de Nossa Senhora dos Prazeres, nesta segunda-feira (9), no Jaboatão dos Guararapes. Cerca de 100 mil fiéis participaram da grande procissão que encerrou o ciclo de atos religiosos em homenagem à santa padroeira da cidade. O cortejo saiu do Santuário, localizado no Parque Histórico Nacional dos Guararapes, percorreu a Estrada da Batalha e retornou à igreja, onde foi celebrada a Bênção do Santíssimo pelo arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido. Além do novenário, que teve início no domingo de Páscoa, a famosa Festa da Pitomba trouxe ao público uma série de serviços ofertados pela prefeitura e diversas atrações culturais.

Ao lado de milhares de fiéis, Dom Fernando Saburido reafirmou sua alegria em participar do tradicional encontro. “Essa é uma caminhada de esperança, um trajeto que se inicia no dia em que é comemorada a ressurreição de Jesus, por isso essa é uma festa de alegria, renascimento e perdão. Durante esses nove dias, a Prefeitura do Jaboatão caminhou de mãos dadas com a Igreja Católica, nos dando força e apoio para dar continuidade à nossa jornada de fé”, declarou o arcebispo.

O prefeito Anderson Ferreira ressaltou a importância da festividade e traçou um paralelo entre devoção popular e progresso. “Essa festa é um evento religioso que demonstra a força da fé do povo cristão. É um momento de demonstrarmos nossa fraternidade e amor ao próximo. Através da fé, esse evento se propõe a promover melhorias na nossa qualidade de vida, paz, bem-estar e harmonia. Esses são alguns dos valores e metas nos quais eu próprio acredito e pelos quais luto. Juntos somos a mudança de que Jaboatão necessita, somos mais um passo na direção da prosperidade e do progresso”, assinalou.

Brasilina Inácio dos Santos, de 77 anos, veio de Escada, na Mata Sul pernambucana, para agradecer as bênçãos alcançadas em nome de Nossa Senhora dos Prazeres. “Ano passado eu estava muito doente, muito aperreada, vim pra essa festa pela primeira vez e Nossa Senhora atendeu minhas preces. Hoje eu estou boa, não me sinto atordoada. Por isso fiz questão de vir de longe, peguei três ônibus e estou aqui, em nome dela, por ela”, contou, emocionada.

Durante nove dias, representantes da música e da cultura pernambucana se revezaram nos dois polos montados para a Festa da Pitomba – entre eles, Maestro Spok, Gerlane Lopes, Josildo Sá, MC Tróia, MC Elvis, Banda Torpedo, Batista Lima e Fim de Feira. O encerramento da festa ficará por conta do cantor e compositor Adilson Ramos, do cantor Rogério Som e da Banda Torpedo.

Veja também

Pesquisa do Procon Jaboatão constata variação de até 768% em itens da cesta básica

O Procon do Jaboatão dos Guararapes divulgou, nesta terça-feira (9), pesquisa de variação de preços …