Foto: Chico Bezerra/PJG

Jaboatão e Ministério do Trabalho tratam de convênio para incentivar economia solidária

A Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes e o Ministério do Trabalho deram início à discussão sobre convênio para incentivar a economia solidária no município, ainda neste ano. O assunto foi tratado durante a visita do secretário Nacional de Economia Solidária, Natalino Oldakoski, ao prefeito Anderson Ferreira, nesta terça-feira (27). O gestor apresentou o pleito e ouviu a sinalização positiva de Natalino, uma vez que o incentivo à economia solidária se encontra entre as prioridades do ministério.

Anderson Ferreira fez uma explanação sobre o quadro de Jaboatão, que apesar de ter a segunda maior arrecadação do estado, possui um alto índice de desigualdade social. “Temos em nosso município uma parcela da população que precisa de apoio. Nosso compromisso é com a inclusão social e a economia solidária é uma dos melhores alternativas, principalmente, num momento de crise econômica que o País enfrenta”, explicou o prefeito.

Secretário Nacional de Economia Solidária, Natalino Oldakoski disse que o Ministério do Trabalho tem recursos e interesse em investir na preparação de mão-de-obra e na orientação sobre como comercializar o que for produzido. “Estamos aqui para colaborar no que for necessário. Jaboatão é uma cidade importante e pode ter a certeza que contará conosco”, assegurou Oldakoski.

O secretário-executivo de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo do Jaboatão dos Guararapes, Daniel Pessoa, disse que o projeto será concluído o mais breve possível para ser encaminhado ao Ministério do Trabalho. A meta, segundo ele, é garantir geração de trabalho e renda em áreas como artesanato, gastronomia, agricultura familiar, pesca artesanal, entre outras, em parceria com a Superintendência do Ministério do Trabalho em Pernambuco.

Veja também

Rede municipal de ensino do Jaboatão espera 69 mil alunos na volta às aulas

Os alunos da rede municipal de ensino do Jaboatão dos Guararapes voltaram às aulas nesta …