Foto: Chico Bezerra/PJG

Jaboatão e Sebrae realizam 1ª Feira de Oportunidades para formalizar empreendedores

A Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes e o Sebrae promovem a 1ª Feira de Oportunidades, entre a próxima segunda-feira (26) e 1º de dezembro, com o objetivo de formalizar micro e pequenos empreendedores. Durante toda a semana, quem estiver interessado em se tornar um Micro Empreendedor Individual (MEI) pode comparecer à feira, onde receberá todas as orientações necessárias. O evento funcionará na Praça Nossa Senhora do Rosário, em Jaboatão Centro, das 9h às 21h, de segunda a sexta-feira, e das 8h às 12h, no sábado.

Para ser um microempreendedor, é preciso ter um faturamento anual máximo de R$ 81 mil. É necessária a apresentação de RG, CPF e comprovante de residência, além do recibo do Imposto de Renda, caso o interessado tenha feito a declaração. Com a formalização, o empreendedor passa a ter acesso a créditos e ganha CNPJ. A taxa mensal do MEI é de R$ 53,70, referente ao INSS, ICMS e ISS.

Na 1ª Feira de Oportunidades, haverá uma estrutura montada com 10 espaços, onde acontecerão palestras, seminários e as orientações necessárias para se formalizar ou abrir uma empresa, dadas por técnicos da Sala do Empreendedor da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Sustentabilidade e do Sebrae. Também haverá uma Feira de Negócios, onde serão expostos e comercializados produtos e serviços de micros e pequenos empreendedores.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Sustentabilidade, Sidnei Aires, ressalta a importância de se formalizar, “para que o empreendedor possa oferecer seus serviços e comercializar os produtos com mais qualidade”. “Além disso, há outros benefícios importantes, como a garantia de cobertura do INSS. O município também sai ganhando com o incremento da economia”, acrescenta. Atualmente, Jaboatão tem 23.372 microempreendedores formalizados e a expectativa é que, durante a 1ª Feira de Oportunidades, sejam realizados mais de dois mil atendimentos.

O analista de Atendimento do Sebrae/PE, Luiz Nogueira, reforça que o objetivo é “preparar os empresários para que possam utilizar técnicas adequadas para gerenciar o capital de giro, negociar melhor as suas vendas e aproveitar as redes sociais para alavancar suas empresas”.

Veja também

Jaboatão inicia cadastramento de empreendedores solidários

A Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes iniciou, nesta terça-feira (4), o processo de cadastramento e …