Foto :Divulgação

Jaboatão firma parceria com ONG e promove ações de conscientização sobre autismo em crianças

A Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania do Jaboatão dos Guararapes uniu-se à Organização Não Governamental (ONG) Centro de Apoio e Integração de Portadores de Necessidades Especiais (Caine) na promoção de projetos e campanhas educativas sobre o autismo. A parceria foi firmada no último fim de semana, durante ato realizado no auditório do Viver Colégio & Curso, em Candeias, em alusão ao Dia Mundial de Conscientização do Autismo. Membros da administração municipal participaram de uma caminhada que teve como objetivo dar visibilidade ao projeto, que tem como missão oferecer melhor qualidade de vida para pessoas com deficiência – congênita ou adquirida.

Coordenadora da Secretaria Executiva de Direitos Humanos do Jaboatão, Gisele Oliveira ressaltou a importância do ato como meio de divulgação de informações sobre a pessoa autista e de sensibilização da comunidade. “Estivemos presentes na caminhada atendendo a um pedido do prefeito Anderson Ferreira, que estipulou como um dos principais objetivos da atual gestão, a implantação de programas e a propagação de ações que permitam diminuir a desigualdade social no município. Entendemos, também, como sendo fundamental o uso de campanhas educativas como ferramenta de conscientização, afinal de contas, conhecimento é um grande aliado na erradicação do preconceito”, afirmou Gisele.

De acordo com Neide Arcanjo, representante da ONG, ao longo de seus 17 anos de existência, tem prestado assistência a pessoas com deficiência, ao tempo em que realiza campanhas educativas junto à sociedade, a fim de erradicar preconceitos por meio da promoção de conhecimento. “Iniciamos nossa programação de conscientização apresentando nossa instituição e levando à população depoimentos de mães e pais de autistas, relatando suas dificuldades e mostrando o sentimento de alegria de encontrar um porto seguro para ajudá-los. Queremos alertar a sociedade para a importância da quebra de preconceitos e, principalmente, chamar a atenção do governo, na busca por uma sociedade mais igualitária, disse a gestora.

Neide Arcanjo reforçou, ainda, que a ONG é a única a possuir médico psiquiatra infantil seu quadro de funcionários, o que permite, segundo ela, o início quase que imediato de terapias, aumentando assim as chances dessas crianças de ter uma vida mais independente no futuro. “Essa é uma causa nobre e que, com certeza, aumenta a qualidade de vida não só dessas crianças, mas, também, de seus familiares e amigos. E essa parceria com a prefeitura vai permitir que esses projetos sejam ampliados e que mais crianças possam ser assistidas”, assinalou.

 

Veja também

Prefeitura realiza ação de impacto em assentamento no Engenho Goiabeira

A Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.