Foto: Chico Bezerra/PJG

Jaboatão registra redução de 24% na taxa de mortalidade infantil

O município do Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana, registrou redução de 24% na taxa de mortalidade infantil em 2017, com relação ao ano de 2016, indicativo que representa 10,7 mortes para cada 1.000 nascidos vivos (10,7%). O índice é menor do que o registrado no estado, que é de 12,8%. Jaboatão é a segunda cidade mais populosa de Pernambuco, com aproximadamente 700 mil habitantes, o que demanda do poder público a necessidade de adotar ações diferenciadas para o êxito de políticas na área da saúde.

O resultado, de acordo com a Superintendência de Vigilância em Saúde do município, é fruto do aprimoramento de ações preventivas, implementação de campanhas educativas e investimento na capacitação de profissionais que atuam na rede pública. Entre as práticas adotadas, destaque para o programa que analisa a qualidade da água que chega às torneiras das residências, realização de mutirões para detecção e combate à sífilis, e, ainda, campanhas de vacinação e atividades desenvolvidas em unidades de ensino para avaliar alunos da rede municipal para prevenção de doenças como hanseníase e verminoses.

O prefeito Anderson Ferreira ressaltou que, ao assumir a gestão, no início do ano passado, se deparou com indicadores negativos e metas pactuadas pelo Ministério da Saúde e Governo do Estado que não eram atingidas desde 2006. Segundo ele, foi preciso “arrumar a casa, inverter prioridades e tratar a área com a seriedade necessária”, decisões que contribuíram para que, em 2017, Jaboatão fosse contemplado com recursos extras do Governo Federal para investimento no setor.

“Temos valorizado a saúde como todo, desde a prevenção até o tratamento, realizando capacitações do nosso corpo técnico, convocando profissionais aprovados em seleções simplificadas, construindo novas unidades e requalificando as existentes. Estamos universalizando o direito da população a uma saúde digna, de qualidade, e o resultado desse trabalho pode ser visto na redução em 24% da taxa de mortalidade infantil em nosso município”, afirmou o prefeito.

Veja também

Gincana estudantil encerra ciclo de atividades da Semana Nacional de Combate ao Aedes aegypti

A 1ª Gincana de Combate ao Aedes aegypti, realizada na manhã desta sexta-feira (30), no …