Foto: Matheus Britto

Jaboatão sedia evento regional e promove ciclo de debates sobre reforma da Previdência

Jaboatão dos Guararapes sediou, nos últimos três dias, o XI Encontro Estadual da Associação Pernambucana das Entidades de Previdência Pública (Apepp), IV Encontro Regional do Nordeste dos Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS’s) e o I Fórum de Previdência do JaboatãoPrev. Representantes de institutos previdenciários, gestores, professores e palestrantes trocaram informações sobre diversos temas, incluindo a Reforma da Previdência, pauta em tramitação no Congresso Nacional, que suscita importantes – e pertinentes – debates em todas as esferas da sociedade. A mesa redonda que marcou o encerramento do evento, nesta sexta-feira (9), foi moderada pelo presidente do JaboatãoPrev, Antônio Luiz Pereira, que conduziu um frutífero diálogo sobre a perspectiva dos investimentos na atual conjuntura político-econômica.

Ao falar sobre a importância do evento, principalmente para gestores públicos, Antônio Luiz Pereira lembrou que, apesar de se tratar de um assunto delicado, a reforma previdenciária precisa ser encarada com seriedade e amplamente debatida.

“Nós, gestores públicos e cidadãos no geral, precisamos estudar o tema, para que possamos fazer nosso dever de casa com o máximo de excelência. A reforma, tal como tramita no Congresso Nacional, vai exigir de nós muito trabalho e dedicação, para que adaptemos nossos municípios e regimes próprios de previdência às novas regras. Por isso a importância de um evento como esse, para que, por meio de um ciclo de palestras e debates, pudéssemos discutir prováveis cenários e conhecer melhor as opções que nos são dadas”, disse o presidente do JaboatãoPrev.

Presidente da Apepp, Maria Lúcia Alves de Lima assinalou que, “neste momento de crise econômica, é preciso garantir a sustentabilidade dos RPPSs, pois é notório que há um desafio, por parte do Governo Federal, em reformar a Previdência Social, dado o discurso sobre o equilíbrio financeiro sob pena da falência do Regime Previdenciário Público”. Representando a Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), o prefeito de Triunfo, João Batista, por sua vez, destacou que os municípios têm a obrigação de participar da discussão. “Os atuais prefeitos estão encontrando dificuldades para manter o regime previdenciário. A gestão do RPPS’s é de fundamental importância e um assunto que interessa a todos”, alertou.

O evento foi realizado de 7 a 9 de junho, no Centro de Convenções do Hotel Tryp Pernambuco, em Barra de Jangada, e foi organizado em parceria entre a Apepp e o JaboatãoPrev. De acordo com a organização, participaram cerca de 220 pessoas, de todos os estados do Nordeste. A próxima edição deverá ser realizada em 2018, no município pernambucano de Salgueiro.

Veja também

Jaboatão promove mutirão de ações integradas em alusão aos 11 anos da Lei Maria da Penha

Desde 2006, quando foi implementada, a Lei Maria da Penha já foi a razão para …

Deixe uma resposta