Alt+Shift+c Ir para o conteúdoAlt+Shift+m Ir para o menuAlt+Shift+b Ir para a buscaAlt+Shift+f Ir para o roda-pé

Jaboatão Notícias

rss
13/03/17 | Por: Carlos Cavalcanti, em PrefeituraTamanho do texto: A-A+
Prefeitura elabora projeto de lei que renova concessão do transporte alternativo

Em contrapartida, cooperativas se comprometeram à renovar frota e promover melhorias nos serviços durante os próximos oito anos

O prefeito do Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira, enviou, nesta sexta-feira (10), à Câmara de Vereadores, projeto de lei que renova pelo período de oito anos a concessão pública que regulamenta o transporte alternativo no município. De acordo com a matéria, as cooperativas ficam comprometidas a renovar, até março de 2018, pelo menos 100 dos 286 veículos que atualmente compõem a frota e, até o próximo mês de julho, voltar a operar com o sistema de bilhetagem eletrônica. O documento, assinado durante encontro realizado no gabinete do prefeito, atende a um pleito feito pela categoria há mais de quatro anos e que, até então, seguia sem resposta.

Ao explicar as melhorias previstas no projeto, o prefeito Anderson Ferreira ressaltou que a meta repassada às cooperativas é de garantir que, ao longo dos próximos oito anos, todos os micro-ônibus possam ser substituídos por novos modelos, o que, segundo ele, vai garantir mais segurança para trabalhadores e passageiros, além de elevar o nível do serviço prestado à população.

“Nosso objetivo é propor mudanças que, de fato, permitam melhorar cada vez mais a qualidade dos serviços prestados à população. Fomos procurados pelos representantes da categoria e deixamos claro, logo nas primeiras conversas, que a nossa gestão vai estar sempre de portas abertas para qualquer setor que queira ajudar no desenvolvimento econômico e social do município”, disse o gestor.

Presidente da Cootrape, Alex Sandro da Silva elogiou a iniciativa do atual governo, que, segundo ele, se mostrou preocupada em garantir melhores condições de trabalho para os profissionais do transporte alternativo e permitir que os jaboatanenses possam desfrutar de um serviço mais seguro e confortável.

“Esse foi o primeiro passo, que, para alguns, pode parecer pequeno, mas, para nós, que fazemos o transporte alternativo do município, é, com certeza, visto como um gesto grandioso. Levamos quatro anos, durante a gestão passada, para conseguir que o antigo prefeito assinasse nossa pauta de reivindicações, algo que, no governo do prefeito Anderson Ferreira, aconteceu em menos de dois meses. A prefeitura fez a sua parte, ao demonstrar atenção para com a nossa categoria; agora é a nossa vez de retribuir, melhorando a qualidade do serviço que prestamos”, afirmou.

Participaram da reunião o secretário municipal de Infraestrutura, Luís Medeiros; o secretário-executivo de Mobilidade e Acessibilidade, Éden Vespaziano; os presidentes da Coopertransp e Coopertranja, José Lúcio e Severino Marcos, respectivamente; além de membros da prefeitura e das cooperativas.

Enviar notícia por e-mail

Preencha os campos abaixo para enviar sua mensagem: