Foto: Matheus Britto/PJG

Pioneiro em Pernambuco, Jaboatão lança Catálogo da Economia Solidária

A Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes lançou, nesta quarta-feira (25), mais uma importante ferramenta de divulgação e incentivo ao trabalho desenvolvido pelos artesãos do município. Realizado em parceria com o Ministério do Trabalho, o Catálogo da Economia Solidária, iniciativa pioneira no Estado de Pernambuco, reúne informações em português e inglês sobre 50 empreendimentos locais e será distribuído em todo o trade turístico. O lançamento da peça, realizado no Hotel Golden Beach, em Piedade, contou com a presença do prefeito Anderson Ferreira e do secretário nacional de Economia Solidária, Natalino Oldakoski, além de 200 artesãos jaboatanenses e representantes do setor.

O catálogo funciona como um inventário de marketing e divulgação, apresentando o histórico de cada grupo produtivo. Além de imagens dos itens elaborados pelos artesões municipais, o livreto traz os nomes dos responsáveis pelos empreendimentos e dados de contato como endereço completo, telefone e e-mail. Ao longo do evento, foram entregues certificados a 116 artesãos que passaram por capacitação na área artística e de empreendedorismo. O objetivo foi qualificar os artesãos e facilitar o acesso da categoria a uma fonte de renda segura por meio da arte.

“Com esse catálogo, todo o trade turístico poderá conhecer o trabalho desenvolvido pelos artesãos jaboatonenses. A Economia Solidária é uma mola propulsora que ajuda a todos nós. Se o poder público enxergar esse potencial e investir na criatividade do povo brasileiro, como nós estamos fazendo, tenho a certeza de que conseguiremos reverter o atual cenário econômico do País. A política é uma ferramenta fantástica de transformação e a nossa gestão tem como prioridade compreender que estamos aqui para cumprir um único papel: viabilizar o poder público para as pessoas que mais precisam dele”, analisou o prefeito Anderson Ferreira.

Natalino Oldakoski, por sua vez, apontou Jaboatão dos Guararapes “como uma referência para o Brasil no campo do desenvolvimento econômico”. “Essa aproximação entre governo e a sociedade civil é de suma importância para o desenvolvimento de políticas públicas. O prefeito Anderson Ferreira é um empreendedor, um jovem em busca de desenvolvimento para o seu município, e nós, enquanto governo, enxergamos Jaboatão como uma referência para o Brasil”, pontuou o secretário nacional de Economia Solidária.

Veja também

Feira da Economia Solidária movimenta Jaboatão com especial de Dia das Mães

A Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes, por meio da Secretaria de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo, …