Foto: Matheus Britto/PJG

Prefeitura do Jaboatão doa área para construção de habitacional e beneficia 192 famílias

Cento e noventa e duas famílias do município do Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife, finalmente terão acesso a moradias dignas. O prefeito Anderson Ferreira sancionou, na manhã desta quarta-feira (26), durante cerimônia realizada na sede da prefeitura, em Prazeres, a lei que transfere a posse do terreno do habitacional Mércia de Albuquerque II, localizado no bairro de Cajueiro Seco, ao Movimento de Luta nos Bairros Vilas e Favelas (MLB). A partir de agora, a entidade, de posse da área, vai poder pleitear, junto à Caixa Econômica Federal, a liberação do restante dos recursos necessários para conclusão da obra.

Ao sancionar a lei, o prefeito Anderson Ferreira lembrou que, ciente do déficit habitacional do município, assim que assumiu a prefeitura, no último mês de janeiro, procurou reunir sua equipe para elaborar o projeto para que este fosse enviado à Câmara de Vereadores para apreciação. De acordo com o gestor, esse era um pleito antigo do movimento e que se arrastava há mais de dois anos, tendo sido iniciado no governo passado, “mas que, em apenas sete meses, a nossa gestão, por meio da união de forças, conseguiu destravar o processo que vai permitir às famílias finalizar as obras”.

“Somos muito gratos pela oportunidade que nos foi dada de trabalhar em prol da população do Jaboatão dos Guararapes. Hoje, realizamos um sonho, de, ao ceder a titularidade do terreno do Mércia de Albuquerque II ao MLB, reduzir o déficit habitacional do nosso município e, assim, conferir às 192 famílias que lá irão morar, o direito a uma moradia digna. O nosso governo nasceu e segue compromissado com causas sociais, e, hoje, deixamos claro, por meio deste importante ato, que vamos trabalhar para mudar a realidade da cidade. Sabemos dos problemas que teremos pela frente, mas assumimos nossa responsabilidade, afinal, essa luta também é nossa”, afirmou Anderson Ferreira.

Coordenador do MLB, Kléber Santos lembrou que o pleito pela titularidade da área do habitacional teve início há dois anos, ainda na gestão passada, mas que somente agora, no atual governo, o movimento conseguiu abertura para o diálogo. “Fizemos questão de vir à sede da prefeitura, nesta manhã, para parabenizar o prefeito e sua equipe pela sensibilidade que tiveram para com a nossa causa e por, em apenas sete meses, ter agilizado todo o processo que resultou no ato de hoje. Saímos daqui com a certeza de que somos vistos como parceiros e que temos ao nosso lado um governo que preza pelas famílias”, assinalou.

Veja também

Jaboatão inaugura nova Câmara de Conciliação em parceria com TJPE

A Câmara Privada de Conciliação, Mediação e Arbitragem (CPCMA) do Jaboatão dos Guararapes ganhou novas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.