Foto: Matheus Britto/PJG

Prefeitura do Jaboatão doará terreno e Escola Técnica Estadual será construída após cinco anos de entrave

O município do Jaboatão dos Guararapes vai ser beneficiado com mais uma Escola Técnica Estadual (ETE). A novidade foi anunciada nesta quinta-feira (2), após reunião entre o prefeito Anderson Ferreira e o secretário de Educação do Governo de Pernambuco, Fred Amâncio. O equipamento será construído no Eixo da Integração da Muribeca, em um terreno a ser doado pelo município, e ocupará uma área de 15 mil metros quadrados. As obras deverão ter início dentro de 60 dias e estão orçadas em cerca de R$ 10 milhões.

De acordo com o secretário Fred Amâncio, o projeto da Escola Técnica foi licitado há cerca de cinco anos, mas não saiu do papel porque, segundo ele, não houve a doação do terreno por parte da gestão municipal passada. O prefeito Anderson Ferreira, por sua vez, afirmou que sua gestão se empenhou para destravar os trâmites para agilizar a doação do terreno, destacando a importância de o município ter mais uma escola técnica para educar e formar mão de obra especializada.

“Não consigo entender como as obras de construção de um equipamento de tamanha importância estavam travadas somente por conta da doação do terreno. Assim como não consigo entender o porquê de essa questão ter passado tanto tempo sem solução, uma vez que a doação dessa área seria a única contrapartida da prefeitura para um investimento que só trará benefícios para os nossos jovens. E por tratarmos a educação com a seriedade que o setor exige, agilizamos o processo de escolha da área, no Eixo da Integração, e agora é só dar início às obras”, disse o prefeito. “Na nossa gestão não há lugar para burocracia e nem lentidão para tomada de decisões. Todos os projetos e empreendimentos terão o nosso apoio para sair do papel o mais rápido possível”, acrescentou Anderson Ferreira.

Fred Amâncio ressaltou que o modelo educacional implantado nas ETEs, no qual a grade curricular tradicional do ensino médio é enriquecida com aulas teóricas e práticas de cursos voltados à formação técnica, propicia a obtenção de melhores resultados. “Os estudantes saem não somente com o currículo educacional completo, mas também com formação técnica, podendo seguir prontos para o mercado de trabalho ou aptos a ingressar no ensino superior”, disse o secretário.

Veja também

Estudantes do Jaboatão aprendem noções básicas de eletricidade

Teve início nesta quarta-feira (17), no Jaboatão dos Guararapes, o Curso Básico de Eletricidade, promovido …

Deixe uma resposta