Procon Jaboatão instaura processo administrativo contra Celpe

O Procon Jaboatão dos Guararapes, órgão ligado à Procuradoria Geral do Município, instaurou processo administrativo de ofício contra a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), após receber um número significativo de reclamações contra a empresa, pela prática de condutas lesivas aos consumidores da cidade. Entre as irregularidades cometidas pela concessionária, estão a troca dos medidores de energia sem a presença dos moradores, ausência de notificação do consumidor para acompanhar a perícia a ser feita no registro e a cobrança de recuperação de receita (diferença de faturamento), sem qualquer fundamentação ou possibilidade de contestação.

Além das irregularidades citadas, a Celpe ainda é suspeita de aplicar multas retroativas em período superior a seis meses, mesmo nos casos em que é impossível a identificação do período de duração da suposta irregularidade, entre outras. Vale ressaltar que a Celpe é a empresa mais reclamada no órgão nos meses de janeiro e fevereiro de 2017.

Como as irregularidades atingem muitos consumidores, o Procon Jaboatão dos Guararapes decidiu instaurar o procedimento administrativo para apuração das práticas abusivas. Caso sejam constatadas, o órgão irá aplicar as devidas sansões contra a concessionária, previstas no Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Veja também

Jaboatão promove mutirão de ações integradas em alusão aos 11 anos da Lei Maria da Penha

Desde 2006, quando foi implementada, a Lei Maria da Penha já foi a razão para …

Deixe uma resposta