Foto: Matheus Britto/PJG

Representantes do Consulado Francês prestigiam Semana da Francofonia em Jaboatão

A Escola Municipal São Sebastião, localizada no bairro de Vila Rica, em Jaboatão dos Guararapes, recebeu, nesta sexta-feira (26), a visita do cônsul-geral da França em Pernambuco, Romain Louvet, e da representante de Educação do Consulado Francês, Cecília Golobov, em virtude da Festa da Franconia, atividade realizada em vários países dos cinco continentes e que, em sua terceira edição na unidade de ensino, objetiva a comunhão entre os povos que adotam a língua francesa para se comunicar. O evento é uma parceria do Consulado da França e da Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes, que, ao longo dos anos, trouxe melhoras significativas no desempenho escolar dos alunos, principalmente quanto aos do ensino fundamental inicial, que conseguiram atingir a meta do Ideb prevista para 2021.

Após as cerimônias de abertura e boas-vindas, os alunos realizaram apresentações musicais e artísticas, entre elas, uma pequena peça teatral sobre um casamento em Bamako (capital e maior cidade do Mali) e uma explanação, em ritmo de frevo, sobre a cultura brasileira e pernambucana. A São Sebastião integra o Programa de Escolas Associadas da Unesco, tendo sido, inclusive, agraciada pela organização com um selo de reconhecimento em face dos projetos que desenvolve nas áreas de sustentabilidade, cultura da paz e interculturalidade.

De acordo com a secretária de Educação, Cultura, Esportes, Lazer e Juventude do Jaboatão dos Guararapes, Ivaneide Dantas, a atual gestão tem realizado fortes investimentos no setor educacional, por acreditar que na força da educação como ferramenta de transformação.

“O nosso governo nasceu compromissado a melhorar os índices do município nas áreas da Educação, Desenvolvimento Social e Saúde, três importantes pilares de nossa sociedade e que, até então, não estavam recebendo a atenção e o cuidado que merecem. Em apenas cinco meses de gestão, reformamos mais de 30 escolas, convocamos professores concursados e implantamos o sistema de reconhecimento facial em unidades de ensino. Além disso, em respeito aos alunos, pais, professores e demais servidores, aumentamos o efetivo de guardas municipais e contratamos um sistema de vigilância 24 horas, como meio de garantir a segurança das pessoas e do patrimônio público”, disse Ivaneide.

“A língua francesa pode – e deve – ser vista como uma porta de acesso a um futuro melhor, com mais qualidade e repleto de excelentes oportunidades, uma abertura para uma vida profissional exitosa. O francês é uma língua carregada de cultura e arte, e, por isso, é de suma importância cultivarmos tanto nossas semelhanças quanto nossas diferenças. E é isso que nossa presença nesse evento significa, no sentido de que, enquanto representantes da França no Brasil, iremos caminhar lado a lado para continuarmos como um só, como irmãos”, acrescentou Cecília Golobov, representante do consulado francês.

A Organização Internacional da Francofonia (OIF) é uma organização internacional que congrega países que possuem o francês como língua oficial ou nos quais o idioma possui status privilegiado. O termo “francofonia” se refere, lato sensu, à comunidade de falantes do idioma francês.

Veja também

Projeto Educação Inclusiva ganha prêmio nacional

Lançado no último mês de agosto pela Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes, o Projeto Educação …

Deixe uma resposta