Foto: Matheus Britto/PJG

Representantes do Consulado Francês prestigiam Semana da Francofonia em Jaboatão

A Escola Municipal São Sebastião, localizada no bairro de Vila Rica, em Jaboatão dos Guararapes, recebeu, nesta sexta-feira (26), a visita do cônsul-geral da França em Pernambuco, Romain Louvet, e da representante de Educação do Consulado Francês, Cecília Golobov, em virtude da Festa da Franconia, atividade realizada em vários países dos cinco continentes e que, em sua terceira edição na unidade de ensino, objetiva a comunhão entre os povos que adotam a língua francesa para se comunicar. O evento é uma parceria do Consulado da França e da Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes, que, ao longo dos anos, trouxe melhoras significativas no desempenho escolar dos alunos, principalmente quanto aos do ensino fundamental inicial, que conseguiram atingir a meta do Ideb prevista para 2021.

Após as cerimônias de abertura e boas-vindas, os alunos realizaram apresentações musicais e artísticas, entre elas, uma pequena peça teatral sobre um casamento em Bamako (capital e maior cidade do Mali) e uma explanação, em ritmo de frevo, sobre a cultura brasileira e pernambucana. A São Sebastião integra o Programa de Escolas Associadas da Unesco, tendo sido, inclusive, agraciada pela organização com um selo de reconhecimento em face dos projetos que desenvolve nas áreas de sustentabilidade, cultura da paz e interculturalidade.

De acordo com a secretária de Educação, Cultura, Esportes, Lazer e Juventude do Jaboatão dos Guararapes, Ivaneide Dantas, a atual gestão tem realizado fortes investimentos no setor educacional, por acreditar que na força da educação como ferramenta de transformação.

“O nosso governo nasceu compromissado a melhorar os índices do município nas áreas da Educação, Desenvolvimento Social e Saúde, três importantes pilares de nossa sociedade e que, até então, não estavam recebendo a atenção e o cuidado que merecem. Em apenas cinco meses de gestão, reformamos mais de 30 escolas, convocamos professores concursados e implantamos o sistema de reconhecimento facial em unidades de ensino. Além disso, em respeito aos alunos, pais, professores e demais servidores, aumentamos o efetivo de guardas municipais e contratamos um sistema de vigilância 24 horas, como meio de garantir a segurança das pessoas e do patrimônio público”, disse Ivaneide.

“A língua francesa pode – e deve – ser vista como uma porta de acesso a um futuro melhor, com mais qualidade e repleto de excelentes oportunidades, uma abertura para uma vida profissional exitosa. O francês é uma língua carregada de cultura e arte, e, por isso, é de suma importância cultivarmos tanto nossas semelhanças quanto nossas diferenças. E é isso que nossa presença nesse evento significa, no sentido de que, enquanto representantes da França no Brasil, iremos caminhar lado a lado para continuarmos como um só, como irmãos”, acrescentou Cecília Golobov, representante do consulado francês.

A Organização Internacional da Francofonia (OIF) é uma organização internacional que congrega países que possuem o francês como língua oficial ou nos quais o idioma possui status privilegiado. O termo “francofonia” se refere, lato sensu, à comunidade de falantes do idioma francês.

Veja também

Rede municipal de ensino do Jaboatão espera 69 mil alunos na volta às aulas

Os alunos da rede municipal de ensino do Jaboatão dos Guararapes voltaram às aulas nesta …