Foto: Mari Frazão/PJG

“A Obscena Senhora Hilst” marca o encerramento de mostra literária do Jaboatão

Iniciada no último sábado (10), a etapa de literatura da 1ª Mostra Cultural do Jaboatão dos Guararapes, realizada pela prefeitura municipal, através da Secretaria Executiva de Turismo, Cultura, Esportes e Lazer (Setcel), chegou ao fim na noite desta quarta-feira (14).

O encerramento, que aconteceu no Centro Cultural Miguel Arraes, em Prazeres, contou com uma encenação de poemas da ficcionista e dramaturga brasileira Hilda Hilst. Intitulado “A Obscena Senhora Hilst”, a montagem é fruto de anos de pesquisa dos atores Nildo Barbosa e Bilé Ares, com direção musical de Ruann Coushing.

Um dos homenageados da mostra, o cordelista Geraldo Valério se emocionou ao falar sobre a alegria por receber a honraria máxima do festival: “Eu produzo cordéis há 30 anos e moro em Jaboatão há 28, minha história foi escrita aqui. É muito gratificante saber que a gestão do prefeito Anderson Ferreira me reconhece. O que eu tenho visto nessa mostra cultural não foi feito em nenhuma gestão passada”.

De férias em Pernambuco, o argentino Juan Carlos prestigiou o encerramento do evento: “Soube que é a primeira vez que acontece uma mostra como essa em Jaboatão dos Guararapes, isso é um marco. Essas terras têm uma riqueza cultural incrível, é importante que tenha um prefeito que saiba valorizar isso”.

RETA FINAL
Entre os dias 21 e 30 de novembro, a 1ª Mostra Cultural do Jaboatão dos Guararapes chega à sua fase final. Para encerrar o ciclo de atividades, que durante mais de um mês movimentou a cidade com apresentações de teatro, exibições de filmes e performances artísticas e literárias, o festival abraça a etapa de dança. Ao longo de dez dias, a cidade poderá assistir a diversas apresentações e números de dança.

Veja também

Procon Jaboatão promove ação itinerante na semana do Dia Mundial do Consumidor

Para fechar as atividades em comemoração ao Dia Mundial do Consumidor, celebrado nesta sexta-feira (15), …