Acolhimento psicológico online da Prefeitura do Jaboatão atendeu mais de 1.200 pessoas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

O serviço de teleatendimento psicológico gratuito ofertado pela Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes já passou da marca de 1.200 acolhimentos à população. A ação, lançada em março deste ano, é voltada para pessoas que estão sofrendo com crise de ansiedade, depressão e outros problemas relacionados ao distanciamento social provocado pela pandemia do novo coronavírus. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde do Jaboatão dos Guararapes, as principais queixas até o momento são de pessoas que temem a contaminação pela Covid-19, distúrbios de sono e apetite, dificuldades de concentração, preocupações financeiras, crises conjugais, medo de perder entes queridos, luto e ideações suicidas.

“Ninguém estava preparado para uma pandemia ou para uma quarentena. Essa é uma questão de saúde pública e que interfere diretamente na saúde mental da população. Durante esses meses de atendimento psicológico, nos deparamos com inúmeras situações preocupantes, mas conseguimos aconselhar e resgatar pessoas, até mesmo às que estavam com ideações suicidas”, lembrou Paula Pereira, coordenadora de Saúde Mental da Prefeitura do Jaboatão.

Segundo ela, um dos maiores ganhos do teleatendimento foi evitar a circulação desnecessária de pessoas e, ao mesmo tempo, garantir acolhimento psicológico de qualidade para os jaboatonenses. “Destacamos que nosso serviço respeita um princípio preconizado pelo SUS, que é a universalização do atendimento, ou seja, a garantia de que todos os cidadãos, sem qualquer tipo de discriminação, tenham direito aos acessos às ações e aos serviços de saúde”, pontuou.

O serviço de teleatendimento psicológico da Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes  funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h. Os interessados devem procurar a central de atendimento por meio do telefone (81) 99937-3569, e informar se prefere realizar a sessão por meio de uma ligação direta ou videochamada, podendo ser utilizados aplicativos como o WhatsApp ou Skype.