Ano letivo de 2020 na rede municipal do Jaboatão irá focar no combate ao racismo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Nesta quarta-feira (5), véspera do início das aulas na rede municipal de ensino do Jaboatão dos Guararapes, mais de quatro mil professores e gestores participaram do lançamento do Ano Letivo 2020. Na ocasião, foi apresentado o tema “Educação para relações étnico-raciais”, que norterará todas as atividades que serão realizadas nas escolas, a fim de acabar com o racismo entre os alunos.

Ao dar as boas-vindas aos professores, o prefeito Anderson Ferreira ressaltou o trabalho desenvolvido nas escolas jaboatonenses e os resultados positivos já alcançados. “Temos os melhores índices do Ideb e Idep. Mais de 85% dos alunos que fizeram provas nas escolas técnicas foram aprovados. Muitos ganharam medalhas em olimpíadas. Isso é resultado do empenho de cada um que trabalha na nossa educação, que, para a nossa gestão, é prioridade”, destacou.

Anderson lembrou que, em 2017, foram convocados 800 professores concursados e, agora, mais 375. “Nós trabalhamos com atitude. E quando vejo alunos recitando homenagens aos professores, isso nos mostra que estamos no caminho certo. Educação não se faz sozinho e a nossa gestão trabalha unida para oferecer o melhor ensino aos nossos alunos”, disse o prefeito.

Sobre o tema “Educação para relações étnico-raciais”, a secretária municipal de Educação, Ivaneide Dantas, explicou que a escolha se deu através de pesquisa realizada nas escolas. “O maior problema constatado foi a presença do racismo. Diante disso, temos como objetivo acabar com isso em nossa rede de ensino, focando todas as nossas atividades nessa temática”, adiantou.