De Olho na Consulta tem mais de 80% de aprovação dos usuários

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Pesquisa realizada com 2.018 usuários do aplicativo De Olho na Consulta, da Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes, indica que em torno de 80% deles consideraram que o acompanhamento dos agendamentos de consultas ficou melhor com o app e o acham fácil de utilizar e 94% o veem como importante. O levantamento foi realizado entre os dias 16 e 30 de maio, no próprio aplicativo, em uma parceria do município com a Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), por meio de um Acordo de Cooperação Técnica. O Relatório de Consulta Popular – feito pelo Núcleo de Estudos em Estatísticas Sociais (NEES), da Diretoria de Pesquisas Sociais (Dipes) da Fundaj – foi apresentado nesta segunda-feira a Jaboatão.

“O De Olho na Consulta foi premiado como melhor experiência do Sistema Único de Saúde (SUS) no Nordeste, em 2017, e buscamos sempre aprimorar o serviço, a fim de que possamos oferecer o melhor atendimento possível à população. Esse é o objetivo da pesquisa, indicar onde devemos investir”, afirma o prefeito Mano Medeiros. “Pela demanda da população, por exemplo, estamos contratando os médicos nas especialidades mais necessárias, por meio da seleção simplificada que já homologamos”.

O trabalho foi direcionado para a área de saúde do município, em colaboração com a Secretaria de Planejamento. Realizado a partir do cruzamento de informações de uma pesquisa primária da prefeitura com a análise de dados da Lei Orçamentária Anual de Jaboatão dos Guararapes, em 2021 (no pico da pandemia), o estudo definiu um ranking de prioridades para um aprofundamento de ações do governo municipal.

“Nesta frente de trabalho começamos ajudando a prefeitura a formatar pesquisa com moradores para ver prioridades no planejamento. Isto permitirá à Secretaria de Saúde priorizar ações”, explicou Luís Henrique Romani, economista e um dos pesquisadores envolvidos no projeto.

O De Olho na Consulta é uma ferramenta utilizada pela Secretaria de Saúde do município para que os jaboatonenses possam verificar o status de solicitações para consultas especializadas e exames. “Antes, era preciso se dirigir à unidade de saúde para confirmar o agendamento ou aguardar a informação de um agente de saúde. Desde 2017, é só olhar no aplicativo, que manda mensagem avisando do agendamento e alerta quando o dia se aproxima”, explica a secretária de Saúde, Zelma Pessôa.

De acordo com o relatório, algumas das variáveis consideráveis que afetam a opinião de qualidade de serviços no De Olho na Consulta são escolaridade, tipo de Unidade de Saúde que realizou o agendamento, percepção do atendimento no posto de saúde e do prazo para a efetiva realização do atendimento. “São detalhes que dizem muito”, observa Zelma. Mais de 80% da amostra foram respondidas por mulheres, 82% têm o ensino médio completo e 72,6% possuem renda de até um salário mínimo. “Isso mostra que o app está sendo usado por quem mais precisa, pois 80% da população jaboatonense é dependente do SUS”.

Outras pesquisas e projetos estão sendo desenvolvidas entre a Fundação Joaquim Nabuco e a Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes. O objetivo é auxiliar o município a identificar quais áreas de atuação do governo municipal merecem mais atenção para garantir o bem estar da população.