Foto: Chico Bezerra/PJG

Instituto Histórico do Jaboatão comemora 46 anos com exposição de acervo e relíquias

O Instituto Histórico do Jaboatão (IHJ) comemorou, nesta quinta-feira (16), 46 anos de fundação, com evento realizado na sede do órgão, no bairro de Jaboatão Centro. A cerimônia foi comandada pelo presidente Jakson Vieira de Melo e contou com a presença do vice-prefeito Ricardo Valois. Fundado em 12 de maio de 1973, o IHJ é uma instituição civil sem fins lucrativos, que tem a finalidade de preservar o acervo do município e garantir que as próximas gerações tenham conhecimento desse passado tão rico.

Jackon Vieira de Melo ressaltou que o instituto é muito procurado por estudantes e acadêmicos para pesquisas e aulas extraclasse. “Este é o principal local onde se pode conhecer a verdadeira história do Jaboatão. Temos todo o acervo musical do padre Chromássio Leão; o primeiro título eleitoral dado a uma mulher no Jaboatão, concedido a Antônia Albuquerque e Silva, datado de 1933; registros da primeira mulher vereadora, Odete Antunes, além de objetos, instrumentos, livros, obras de arte e documentos”, destacou o presidente.

O vice-prefeito Ricardo Valois representou o prefeito Anderson Ferreira na solenidade. Em seu discurso, ressaltou que o Instituto Histórico de Jaboatão guarda a memória viva do município. “É importante que esse instituto seja preservado e continue sendo referência de conhecimento. Uma cidade que tem memória necessita de institutos funcionando plenamente”, disse Valois. Quando exercia mandato de vereador, Valois foi autor do projeto que tornou o IHJ patrimônio municipal.

O Instituto Histórico de Jaboatão tem sede na Rua Desembargador Henrique Dias, 165, em Jaboatão Centro, e está aberto de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h.

Veja também

Equipe do Jaboatão recebe capacitação no Projeto Tamar

Cerca de 1800 tartarugas marinhas nasceram na orla do Jaboatão dos Guararapes, desde o início …