Jaboatão participa do I Seminário Regional de Ouvidoria

A controladora-geral e ouvidora do Jaboatão dos Guararapes, Andréa Costa e Pricylla Lopes, respectivamente, representaram, nos dias 10 e 11 de setembro, o município no I Seminário Regional de Ouvidoria – Nordeste, promovido pela Controladoria Geral da União (CGU) em parceria com a Secretaria da Controladoria Geral do Estado (SCGE). O evento teve como tema central “Transformando Problemas Individuais em Soluções Coletivas” e buscou ressaltar o papel estratégico e a importância das ouvidorias na construção de uma cidade mais cidadã e uma gestão pública mais eficiente.

A programação contou com a realização de 18 palestras no primeiro dia, com temas diversos voltados principalmente para a melhoria do serviço público; inovação em ouvidorias; boas práticas; gestão e combate à corrupção; dados abertos e controle social; transparência na gestão pública, entre outros. O segundo dia do evento foi direcionado a oficinas como gestão da informação para a transparência, assédio moral e sexual no ambiente de trabalho, à criação e implementação de ouvidorias municipais, tratamento de denúncias e à simplificação de carta de serviços.

De acordo com a controladora-geral Andréa Costa, o encontro permitiu a troca de experiência entre os participantes e ampliação do conhecimento de boas práticas e soluções inovadoras desenvolvidas por diversas ouvidorias que vêm contribuindo para a gestão da transparência e melhoria dos serviços públicos. “Ciente da importância da implementação dessas ações, a administração do prefeito Anderson Ferreira tem investido significativamente em qualificação e melhorias na gestão da transparência municipal. Essa é uma forma inteligente de trato dos recursos públicos e de respeito para com a população”, assinalou.

Como resultado da participação no seminário, a Controladoria Geral do Município e Ouvidoria têm trabalhado na adequação da nova legislação federal que trata do Código de Defesa do Usuário do Serviço Público e implementação de novos fluxos de ouvidoria, com objetivo de tornar o processo de resposta ao usuário mais rápido e eficaz; de soluções e tratamentos diferenciados para denúncias e combate a corrupção; e de melhorias no atendimento à população, promovendo um atendimento mais humanizado.

Veja também

Novos conselheiros tutelares são eleitos no Jaboatão

Os 35 novos integrantes e os 35 suplentes do Conselho Tutelar do Jaboatão dos Guararapes …