Jaboatão inicia projeto piloto para vacinar todo território contra Covid-19

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Apesar dos diversos mutirões de vacinação contra a Covid-19 que vêm sendo realizados no município, a Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes identificou um grande número de pessoas do público-alvo que sequer se cadastraram para receber a primeira dose do imunizante. A fim de diminuir esse índice, foi desenvolvido o projeto Território 100% Vacinado. A primeira ação aconteceu nesta quinta-feira (8) na Unidade de Saúde da Família (USF) Retiro, onde foi realizada a vacinação de 50 pessoas.

“Com ajuda dos agentes comunitários de saúde, estamos identificando quem ainda não está cadastrado. Há uma parte da população que mora em áreas mais distantes e que muitas vezes não tem condições de ir até um drive-thru. Por isso, realizamos mais esse mutirão com doses únicas da Janssen, para garantir a completa imunização dessas pessoas”, explicou o prefeito Anderson Ferreira.

Maria dos Prazeres, de 59 anos, foi uma das munícipes contempladas pela ação. Muito emocionada, ela comentou sobre a sensação de estar vacinada e mandou um recado para quem ainda não tomou a vacina. “Já passei por muitos problemas na minha vida e hoje estou aqui, viva por mais um ano, para tomar essa vacina. Eu acabei de renovar minha fé e minha esperança em tempos melhores. Quem não tomou essa vacina, tome. Não guarde a doença em casa porque ela pode levar você ou um ente querido seu, alertou”.

Josilene Maria, 42, também não conseguiu conter a emoção na hora da vacinação. “Eu só tenho a agradecer pelo dia de hoje. Me sinto mais segura, mais confiante. Graças a Deus que chegou essa vacina aqui. Sinto que hoje eu tomei uma dose de esperança”.

O prefeito Anderson Ferreira reforçou que quanto mais doses aplicadas, maior é a imunidade individual e a cobertura da população em geral. “Para que a proteção seja cada vez maior, é essencial que as pessoas compareçam aos agendamentos, completem a vacinação com a segunda dose e também não recusem a vacina no momento da aplicação”, pontuou.