Jaboatão promove atividades em alusão ao Dia Internacional da Síndrome de Down e de Luta Contra a Discriminação Racial

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Cerca de 25 alunos com síndrome de Down da rede municipal de ensino do Jaboatão dos Guararapes fizeram, na manhã desta quarta-feira (21), uma visita ao Parque Dois Irmãos, importante santuário ecológico situado na capital pernambucana. Acompanhados pelos pais e por profissionais das secretarias municipais de Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedec) e Educação, os estudantes fizeram um passeio guiado pelo zoológico. A atividade integra as ações que serão realizadas pela prefeitura em alusão ao Dia Internacional da Síndrome de Down, comemorado em 21 de março.

Coordenadora da Sedesc, Cláudia Bozzi reafirmou o compromisso da atual gestão municipal em promover ações e políticas públicas que promovam a conscientização acerca do tema e a inclusão social. “A gestão do prefeito Anderson Ferreira tem consciência de que é nossa responsabilidade atuar em parceria e em prol da população como um todo, mas, sobretudo, dos que mais precisam de nossa atenção. As mães dessas crianças sabem que a vida de seus filhos é feita de batalhas árduas e diárias, muitas vezes marcadas pelo preconceito”, afirmou Cláudia.

Mãe de Monique Avelino, aluna da Escola Municipal Marechal Costa e Silva, Verônica Avelino acompanhou a filha, que visitava pela primeira vez o Parque Dois Irmãos. Ela elogiou a iniciativa da prefeitura e lembrou que esse tipo de atividade possui impactos muito positivos na vida das crianças. “Estou muito satisfeita com a educação no Jaboatão. É importante saber que estamos entregando nossos filhos para uma rede que realmente se preocupa com educação, saúde e outros aspectos primordiais. A evolução da de Monique é a prova de que iniciativas como esta surtem efeitos extraordinários”, pontuou Verônica.

Conscientização – A Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes promoveu, ainda, uma sensibilização, junto aos servidores do Complexo Administrativo, em Jardim Jordão, para lembrar o Dia Internacional de Luta contra a Discriminação Racial. À tarde, estudantes da Escola Municipal Nossa Senhora Aparecida, no bairro de Comportas, participaram de rodas de diálogo sobre o tema, que, entre outras coisas, abordou aspectos legais e a importância de lutar contra a perpetuação do racismo na sociedade.