Foto: Chico Bezerra/PJG

Prefeitura do Jaboatão promove mutirão de serviços para celebrar nove anos do Centro Maristela Just

O Centro de Referência da Mulher Maristela Just, localizado em Piedade, realizou, nesta quinta-feira (12), um grande mutirão de serviços gratuitos voltados às mulheres do município. A ação é alusiva ao aniversário de nove anos do equipamento, celebrado na última terça-feira (10). Foram disponibilizados exames de mamografia, vacinas, serviços de estética, emissão de segunda via de documentos e palestras sobre consumo sustentável e empreendedorismo, além da presença da Patrulha Maria da Penha.

Ana Carla Furtado, gerente da Secretaria Executiva da Mulher da Prefeitura do Jaboatão dos, destacou a importância do centro no combate à violência da mulher. “Estamos celebrando nove anos do Maristela Just, que acolhe mulheres vítimas de violência, as encaminhando através de serviços públicos ou instituições privadas, onde são acolhidas por uma equipe técnica. Quando demonstram vontade, essas mulheres são encaminhadas para uma delegacia para solicitar medida protetiva e continuar sendo acompanhadas pelo centro. Hoje, temos uma equipe técnica formada por psicólogas, assistentes sociais e assessoras jurídicas que acompanham a medida protetiva e orienta as mulheres”, informou.

O evento foi marcado por depoimentos emocionantes. “Eu apanhava do meu marido e aqui no centro encontrei o apoio que precisava para romper esse ciclo que tanto me fazia mal. Aqui no centro, tenho apoio de psicólogas e busco forças para mudar a minha vida”, afirmou C.C.S, moradora de Piedade, uma das mulheres assistidas pelo centro.

O Centro de Referência da Mulher Maristela Just foi criado para amparar vítimas de violência doméstica. O nome da unidade faz referência a Maristela Just, assassinada pelo companheiro, José Ramos Lopes Neto, em 1989, preso em 2012 e condenado a 29 anos de prisão. “Fico muito feliz em poder participar de mais um aniversário do Centro Maristela Just, equipamento que tem o nome da minha mãe. Agradeço sempre à Prefeitura do Jaboatão pela homenagem e por manter esse centro, que é uma referência no combate à violência contra a mulher. Quero encorajar as mulheres que sofrem violência a virem para o centro para buscar ajuda”, afirmou Zaldo Just, filho de Maristela, que participou do evento.

Veja também

Secretaria Executiva de Meio Ambiente e Gestão Urbana do Jaboatão alerta para mudança temporária no horário de atendimento ao público

A Secretaria Executiva de Meio Ambiente e Gestão Urbana da Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes …