Foto: Matheus Britto/PJG

Prefeitura entrega certificados para 150 alunos do Jaboatão Gerando Renda Solidária

A Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes realizou, na tarde da última quinta-feira (30), a entrega de 150 certificados de qualificação profissional para os jaboatonenses que participaram da segunda etapa do projeto Jaboatão Gerando Renda Solidária. A cerimônia de entrega aconteceu no auditório da Faculdade Guararapes, em Piedade. De acordo com a Secretaria Executiva de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo (Setqe), os beneficiários são alunos de cursos gratuitos oferecidos pela administração municipal com o objetivo de recolocá-los no mercado de trabalho, e integram um grupo de 300 munícipes que já receberam capacitação profissional desde o início do ano.

O secretário-executivo da Setqe, Daniel Pessoa, lembra que o projeto ganha notoriedade diante do atual cenário econômico no Brasil. “Estamos diante de um momento de crise. Nesse contexto, o papel da gestão pública não é dar o peixe, mas, sim, ensinar a pescar. A prefeitura vem capacitando a população para que ela possa ser independente e gerar sua própria renda”, afirmou.

Daniel também comentou sobre o aparato oferecido pela gestão municipal para que os contemplados possam dar vazão às suas mercadorias. “Temos uma barraca da Economia Solidária embaixo do Viaduto Geraldo Melo, no bairro de Prazeres. É um espaço da população e um direito de todos que fazem parte do programa. Nós entendemos que muitas vezes as pessoas aprendem a produzir uma mercadoria, mas não tem como comercializá-las, então é mais uma forma de dar suporte para que os jaboatonenses possam ter uma vida autônoma”, explicou.

“Eu estava desempregada e vi nos cursos uma oportunidade de aprender um novo ofício. Agora me sinto pronta pra me aventurar em uma nova profissão e, quem sabe, ser minha própria chefe”, comemorou a estudante Daluza Priscilla.

ECONOMIA SOLIDÁRIA
Daniel Pessoa explica que apesar de o nome ter sido criado no Brasil, a economia solidária é um movimento que ocorre no mundo todo e diz respeito à produção, consumo e distribuição de riqueza com foco na valorização do ser humano. “No Brasil, há cerca de 30 mil empreendimentos solidários, em vários setores da economia. Para se ter ideia da importância do programa, ele gera renda para mais de 2 milhões de pessoas”, pontuou.

Veja também

Prefeitura do Jaboatão certifica 150 pessoas para o mercado de economia solidária

A Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes realizou, na tarde desta sexta-feira (13), a entrega de …