Procon Jaboatão constata variação de até 220% em itens da cesta básica

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

O Procon do Jaboatão dos Guararapes divulgou, nesta terça-feira (26), pesquisa de variação de preços dos itens mais consumidos pela população nos principais supermercados do município. O levantamento, realizado no período de 11 a 20 de junho, constatou diferença de até 220% no valor de um mesmo produto vendido em estabelecimentos comerciais diferentes. Outro aspecto constatado pela pesquisa foi o aumento de 6% no preço médio da cesta básica, quando comparado com análise realizada no mês de maio, antes da greve dos caminhoneiros.

Encabeçam a lista dos produtos com maior variação de preços a farinha de mandioca (220%), o pão de forma (204%), a batata inglesa (192%), o papel higiênico (155%), sabão em pó (152%), vinagre (146%) e a laranja (135%). O valor mais alto do quilo da farinha de mandioca comercializada no município chega a R$6,69, podendo ser encontrado, também, por R$ 2,09. No caso do pão de forma de 500g, as diferenças são significativas – vai de R$6,05 a R$ 1,99 -, assim como a batata inglesa, cujo quilo varia de R$ 6,99 a R$ 2,39.

No comparativo entre as pesquisas de maio e junho, feitas antes e depois da greve dos caminhoneiros, o Procon Jaboatão verificou que houve aumento de 6% no preço médio da cesta básica. Isoladamente, a categoria de alimentos acumulou uma alta de 7% no preço médio. Os aumentos mais significativos foram observados na batata inglesa (34%), carne de segunda com osso (25%), carne de segunda sem osso (15%), frango resfriado (15%), feijão (11%) e pão francês (9%). O ovo, substituto mais comum da proteína animal, teve um aumento de 8% em seu preço médio.

“O Procon Jaboatão realiza esse tipo de pesquisa mensalmente. É nosso compromisso, para com o consumidor, alertar para a importância de visitar mais de um centro de compras em busca do menor preço”, ressaltou José Rangel, superintendente do Procon Jaboatão.