Público lota oitava noite da 1ª Mostra Cultural do Jaboatão 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Na noite da última terça-feira (23), a programação da 1ª Mostra Cultural do Jaboatão dos Guararapes foi marcada por dois espetáculos com casa lotada. Em um palco montado no Centro Cultural Miguel Arraes, em Prazeres, o monólogo “O Mascate, a Pé Rapado e os Forasteiros” arrancou risadas do público. A peça, encenada pelo ator Diógenes D. Lima faz uma reflexão satírica e reconstrói a história das cidades-irmãs Olinda e Recife.

Diógenes, que junta política, deboche e ludicidade em sua montagem, agradeceu a oportunidade de trazer sua peça para a segunda maior cidade de Pernambuco. “Nós já tínhamos apresentado esse espetáculo aqui em Jaboatão, só que essa é a primeira vez que temos a oportunidade de trazê-la pra cá com o apoio de uma boa estrutura técnica, então só temos a agradecer à prefeitura por ter nos dado esse espaço”, comentou o humorista.

Na platéia, a estudante Sandra Pedrosa não poupou elogios: “Moro em Jaboatão há muitos anos e é a primeira vez que eu vejo uma gestão pública oferecendo peças de teatro com entradas gratuitas. Em um momento tão delicado para a política nacional, acho que é um gesto respeitável ver um prefeito ter coragem para investir na cultura local”.

No Viaduto Geraldo Melo, também em Prazeres, a Trupe Arte Na Mochila encenou o seu “Tango em Trapos”, um espetáculo que transita entre sons e cênicas, com profundo apelo poético. Com poemas extraídos do livro “Terceira Aquarela do Brasil”, do professor, poeta, cineasta, escritor e filósofo Jomard Muniz de Brito, segundo a produção, o espetáculo prega a “resistência tão necessária para a sobrevivência em tempos caóticos”.

Sessões lotadas
De acordo com o coordenador de Cultura do Jaboatão, Roberto Vasconcellos, o balanço da 1ª Mostra Cultural tem sido positivo. “Desde a abertura, estamos apresentando diariamente espetáculos para plateias lotadas. Jaboatão Centro, por exemplo, que costuma ter domingos mais mornos, teve uma movimentação perceptível graças à Mostra. As pessoas estão lotando as praças e ocupando os equipamentos culturais para prestigiar o evento”, avaliou Vasconcellos. “A intenção da prefeitura, por meio da Secretaria Executiva de Turismo, Cultura, Esportes e Lazer, é fomentar e difundir a cultura do município, além de promover também um intercâmbio cultural”, comentou o gestor público.